Home

História


Foi o Padre jesuita Renato Roque Barth quem trouxe o Método Bioenergético ao Brasil, depois de aprendê-lo na Nicarágua com o dr. Aton Inoue, em 1993. O movimento cresceu, o número de agentes de saúde se multiplicou e o trabalho passou a exigir um nível maior de organização. Foi assim que, em 1997, em assembléia realizada na cidade de Cuiabá/MT, reunindo representantes de todos os estados brasileiros onde já havia agentes de saúde trabalhando com o Método Bioenergético de Tratamento Natural, foi fundada a ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE SAÚDE POPULAR - ABRASP. Maria Paschoalina Barbieri foi a primeira coordenadora nacional, sendo sucedida pelo Padre Renato Roque Barth na assembléia nacional de 2001 e, depois, pela Isaura Maria de Melo S, eleita em 2005. Em 2007 Isaura foi substituida pela Ir. Noélia (Alagoas). Padre Renato, que mora em Cuiabá, assumiu novamente por mais 4 anos. Enfim a assembleia eletiva de 2013 elegeu Kassia Kiss dos Santos Amazonas. Clique aqui e veja como comunicar-se com a coordenação da ABRASP. No início a ABRASP organizou-se em regionais, nos estados, constituídos pelos grupos de base. Mas a partir de 2001 se constituíram associações autônomas em vários estados. Com as dificuldades de manter-se o pessoal ligado ao mesmo tempo a duas associações, a tendência hoje é voltarem os estados aos antigos regionais, portando os associados a documentação emitida pela própria ABRASP (nacional). Está previsto um curso nacional de formadores para que cada estado tenha seus próprios formadores, formando agentes da Bio de maneira unificada em todo o país. Pe. Renato é assessor de formação a nível nacional e internacional (AL e África).

.